alicerce

quinta-feira, 31 de março de 2011

não há dúvidas ! II

É inacreditável mas mais uma vez tive razão. Sinceramente, depois destes meses todos eu preferia nunca te ter conhecido da maneira como conheci. Falsa, cínica e outros defeitos atingem-te com toda a força e tenho pena que a tua maior fraqueza seja mesmo deixares que te inundam. Olho-te de cima, sim. Talvez nunca vás a saber isso, ou melhor, talvez até já saibas. Pena que ao atingires esse teu apogeu tenhas que submeter a felicidade dos outros. Não ligas a meios para atingires os teus fins. Toda a gente sabe disso. Tenho pena de que não me conheças o suficiente para saberes quando me encontro na miséria. Talvez a tua definição de miséria se conjugue como felicidade para mim.
Já pensaste quantas vezes choraste por não saber definir simples cubos? Pois. Para ti todas as linhas desse cubo não tinham fim, o que é uma verdadeira idiotice, se é que me faço entender. Não me contestes sem me conheceres.
Ridículo? Ridículo é o modo como te atreves a odiar algum ser. Já mais te odiaria. Ódio é um sentimento adquirido pelos animais, na hora da caçada. Onde são capazes de destruir tudo e todos que se atravessarem no seu caminho para atingir o seu objectivo. Realmente tens razão, estás-te a tornar assim. Deixa-te dessa revolta interior. Só te causa dor na alma.
Sabes porque é que sou superior e me encontro neste nível? Subi até aqui com muito suor, gastei muita sola de sapatos, limpei muitas escadas sujas pelos teus pés e suportei muita dor não só minha, como de quem amo verdadeiramente. Envergonhada por me ter redimido desta maneira? Não, orgulhosa.
Ao contrário de ti, meu amor, eu sempre obtive aquilo que merecia, sem que por isso alguém chorasse ao nível dos meus olhos. 

2 comentários :

  1. MEU DEUS, QUASE CHORO A LER ISTO.
    AMO-TE MIÚDA!

    ResponderEliminar
  2. quem me dera te ter conhecido nessa altura, só para te proteger.

    ResponderEliminar